Sem funcionários, lavanderia self-service 24 horas cresce com franquias – Pequenas Empresas Grandes Negócios

Sem funcionários, lavanderia self-service 24 horas cresce com franquias – Pequenas Empresas Grandes Negócios

Sem funcionários, lavanderia self-service 24 horas cresce com franquias – Pequenas Empresas Grandes Negócios 150 150 Super Anfitrião

Fachada da franquia Lavô (Foto: Divulgação)

Fachada da franquia Lavô (Foto: Divulgação)

Chegar ao supermercado com uma sacola de roupas sujas e, depois de pouco mais de uma hora, sair com elas limpas e secas. Essa é a proposta da franquia de lavanderias autônomas Lavô, que inaugurou a primeira unidade em setembro do ano passado e já tem 17 lojas em oito estados brasileiros.

A franquia de autoatendimento funciona sem nenhum funcionário. Só as máquinas de lavar, produtos de limpeza e um totem de autoatendimento para o pagamento em débito ou crédito – nada de dinheiro por aqui. De acordo com o fundador da Lavô, Angelo Max Donaton, 43, o franqueado precisa passar apenas uma vez por dia no local para higienizar a loja. “Em cerca de 15 minutos ele faz todo o trabalho.”

A ideia da Lavô surgiu quando Donaton viajou com algumas amigas por países da América do Sul, em 2018, e percebeu uma grande dificuldade em encontrar locais para lavar e secar roupas. Ele trabalhava havia 25 anos na área comercial, tinha economizado um dinheiro e já vinha procurando por ideias para empreender. “Sabemos que a dor de alguém é a felicidade de um empreendedor”, diz.

Donaton já havia tido contato com o modelo de lavanderias autônomas em outros países, como nos Estados Unidos, e decidiu que investiria em algo parecido no Brasil.

Ao longo de 2019 ele testou o modelo em Balneário Camboriú (SC), contratou consultorias especializadas em franquias e fornecedores de maquinário e insumos até que abriu a primeira unidade própria em setembro do mesmo ano. Em janeiro de 2020, a primeira franquia foi inaugurada em Campinas (SP). “Com essa primeira franquia fizemos todas as adequações para expandir, mas, em março, veio a pandemia.”

Interior das lojas Lavô (Foto: Divulgação)

Interior das lojas Lavô (Foto: Divulgação)

Na ocasião, ele conheceu a holding 300 Franchising, dos irmãos Leandro e Leonardo Castelo, fundadores da Ecoville. O empreendedor se tornou sócio do negócio e, no útimo mês de agosto, deu início à expansão da Lavô. Agora, além das lojas já existentes, mais 12 estão em vias de serem inauguradas em cidades como Belém (PA), Goiânia (GO) e São Paulo (SP). Donaton espera fechar o ano com 35 unidades e um faturamento de R$ 700 mil. Para 2021, a projeção é de um total de 120 lojas, com faturamento de R$ 2 milhões.

A Lavô já nasce com forte concorrência no mercado nacional e a uma demanda ainda crescente por serviços. A maior rede de lavanderias em funcionamento no país é a 5àSec, com cerca de 450 unidades, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Em junho deste ano, a Unilever entrou no jogo, com a compra do grupo Acerte Franchising, que incluía a Quality Lavanderias e criou uma rede focada na marca OMO.

De acordo com o Sindicato Intermunicipal de Lavanderias no Estado de São Paulo (Sindilav), apenas 4% da população brasileira economicamente ativa utiliza lavanderias, mas mais de 20% da população é considerado como público em potencial. Na visão de Donovan, o número representa um mar a ser explorado. “Existe uma demanda grande e reprimida. Saímos na frente, pois as pessoas optam pelo autoatendimento, que traz um benefício grande para o consumidor: o tempo. Ninguém quer perder quatro horas lavando roupa.”

Nas unidades da Lavô, o tempo total de utilização do serviço é de aproximadamente uma hora entre lavagem e secagem. Em um ciclo completo, o usuário pode lavar e secar até 10 quilos de roupas (25 peças, em média). O modelo de negócios permite a adoção de um horário de funcionamento flexível – as lojas podem operar 24 horas por dia, sete dias por semana.

Justamente pelo horário estendido de atendimento, a segurança é um dos fatores primordiais na escolha dos pontos para instalação de unidades da Lavô. O empreendedor explica que boa parte das franquias existentes estão em estacionamentos de supermercados, shopping centers ou postos de gasolina. Para pontos de rua, a análise é feita caso a caso.

Durante a fase mais rígida da quarentena, as lojas tiveram queda no faturamento, mas nenhuma chegou a ter prejuízo, segundo o empreendedor, por conta do baixo custo operacional. “Os nossos diferenciais são o valor do investimento, que é mais reduzido [a partir de R$ 99 mil], e temos um sistema de pagamento que não onera o franqueado. Aqui na Lavô o próprio franqueado compra o totem de pagamento, e é dele”, afirma.

Fonte: https://revistapegn.globo.com/Franquias/noticia/2020/10/sem-funcionarios-lavanderia-self-service-24-horas-cresce-com-franquias.html

O que achou? Deixe seu comentário:

💼 Explore o setor com nossas soluções: invista em uma franquia Super Anfitrão! 

X
error: Conteúdo indisponível.