A alta busca por um lar temporário para esparecer durante os trabalhos em home office provocou um aquecimento no mercado de hospedagem e uma alta busca por plataformas de locação de imóveis por temporada.

Em adição, alguns destinos turísticos criaram até vistos de permanência especiais para esse período a fim de atrair os visitantes que buscavam refúgio, como foi o caso da campanha ‘Work from Paradise’, em Barbados, Bermudas e Anguilla, todos no Caribe.

Hotéis e resorts mundo afora fizeram a mesma inciativa dispondo “villas”, residências particulares para aluguel, que prometem a sensação de estar em casa, mas utilizando serviços de hotelaria.

Empreendimentos de luxo seguiram a mesma tendência, como foi o caso no México, onde o Four Seasons Resort Punta Mita adaptou a estrutura para que as crianças estudassem até mesmo à beira da piscina e desenvolveu um programa de educação inspirado em viagens. E no Caribe, o Four Seasons Resort Anguilla trouxe salas privativas para aulas, reuniões virtuais e suporte de uma equipe de TI à disposição.