Booking.com: brasileiros são os mais atentos a preço no pós-pandemia

Booking.com: brasileiros são os mais atentos a preço no pós-pandemia

Booking.com: brasileiros são os mais atentos a preço no pós-pandemia 150 150 Super Anfitrião

A Booking.com tem sido uma das empresas mais ativas na realizado de estudos para identificar mudanças do comportamento do consumidor neste momento de tantas mudanças. O último, feito em julho com 20.934 entrevistados em 28 mercados, trouxe conclusões interessantes. Por exemplo: os brasileiros são os primeiros colocados quando o assunto é atenção aos preços na hora de pesquisar e planejar uma viagem no pós-pandemia.

E não é só isso: 78% dos brasileiros esperam que as empresas de viagem os ajudem com planos futuros de viajar por meio de descontos e promoções. Em ambas as situações, os brasileiros ficam na frente de consumidores de outros países. Segundo a pesquisa, a América Latina será a região com mais viajantes preocupados com preços. Isso porque, além dos brasileiros, 77% dos colombianos, 76% dos mexicanos e 74% dos argentinos também estão de olho nos valores.

Viajantes da Ásia, entretanto, não ficam atrás quando se trata de atenção aos custos, já que os tailandeses (78%) e vietnamitas (76%) também pretendem priorizar os preços. Os viajantes com menos probabilidade de se importar com valores são os da Dinamarca (34%), Países Baixos (37%) e Alemanha (38%).

Booking.com: destinos escolhidos mudarão

Obviamente, levando-se em consideração que a economia é um dos principais fatores de decisão, a escolha de destino também mudará, aponta o estudo. Muitos locais desejados ficarão para outro momento. A pesquisa aponta que 46% dos brasileiros prefere fazer uma viagem com desconto para um lugar que talvez não tivessem escolhido. Isso substitui um ato muito comum: pagar mais caro por um destino dos sonhos.

A duração das viagens também sofrerá alterações. Seis em cada 10 (63%) brasileiros afirmam que vão preferir uma viagem que podem pagar imediatamente em vez de economizar para as férias dos sonhos, porém incerta. Em meio aos demais países consultados, o Brasil fica apenas atrás da Tailândia (72%) e do Vietnã (68%) quando o assunto é a priorização de preços a curto prazo.

No entanto, a exigência de um bom custo-benefício vai além do preço. O desconforto com a ideia de ter que cancelar uma viagem significa que a flexibilidade será um ponto crítico para 82% dos viajantes brasileiros. Eles afirmam que, para melhorar o custo-benefício, as plataformas de viagem precisam de mais transparência nas políticas de cancelamento, processos de reembolso e opções de seguro-viagem.

(*) Crédito da foto: OrnaW/Pixabay

Fonte: https://hoteliernews.com.br/booking-com-brasileiros-sao-os-mais-atentos-a-preco-no-pos-pandemia/

O que achou? Deixe seu comentário:

💼 Explore o setor com nossas soluções: invista em uma franquia Super Anfitrão! 

X
error: Conteúdo indisponível.